Padre de Americana acusado de abusos sexuais e afastado causa polêmica após convite para oração pela web na quarentena

Vídeo gravado pelo padre Pedro Leandro Ricardo foi postado em rede social nesta quarta-feira (1).

Ele é investigado por crimes contra crianças e adolescentes.

Vídeo de padre acusado de abusos sexuais tem repercussão negativa em Americana O padre de Americana (SP) Pedro Leandro Ricardo, acusado por abusos sexuais contra crianças e adolescentes e afastado das funções pela Diocese de Limeira (SP), causou polêmica ao postar um vídeo em uma rede social nesta quarta-feira (1) fazendo um convite para uma oração durante a quarentena da Covid-19.

Ele está suspenso pela Igreja desde janeiro de 2019. Ricardo é investigado por crimes cometidos em Araras (SP), Limeira e Americana.

Na imagem, ele aparece vestido como um padre e afirma que passaria a transmitir as orações a partir de 1 de julho.

Após a divulgação do vídeo, a Diocese informou que entrou em contato com o padre e proibiu que ele fizesse a transmissão da oração, e ele não realizou o evento online. Afastado pela Igreja e investigado por abusos sexuais contra coroinhas, padre Pedro Leandro Ricardo posta vídeo chamando pessoas para oração em Americana. Reprodução/EPTV Segundo o bispo Dom José Roberto Fortes Palau, da Diocese de Limeira, Ricardo pode ser punido caso publique o material nas redes sociais.

O advogado do padre não quis comentar o vídeo. Abuso contra coroinhas O padre é alvo do Ministério Público (MP) em processos que apuram abuso sexual de coroinhas.

Na época do afastamento dele, um representante do Vaticano esteve no Brasil e ouviu membros da Igreja e fiéis, para apurar as denúncias.

Já em março deste ano, a Justiça de Araras aceitou as denúncias do MP.

Todos os processos correm em segredo de justiça. Padre Pedro Leandro Ricardo Clayton Padovan Formas erradas e corretas de usar máscara de proteção contra o coronavírus Arte/G1 Initial plugin text Veja mais notícias da região no G1 Campinas
Categoria:SP - Campinas e região