Inscrições para processo seletivo do IBGE terminam nesta terça (15); vagas têm salário de R$ 3,1 mil

No Tocantins, serão 49 oportunidades para as duas áreas de atuação.

Coordenadores selecionados vão receber R$ 3,1 mil; confira os requisitos e valor da inscrição.

IBGE seleciona profissionais para trabalhar no Censo 2020 Licia Rubinstein/Agência IBGE Notícias O prazo de inscrição para o processo seletivo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) termina nesta terça-feira (15).

Em todo o país são 2.658 vagas para os cargos de coordenador censitário e agente censitário operacional.

No Tocantins, serão 49 oportunidades para as duas áreas de atuação.

Os contatados vão atuar no Censo de 2020.

Os salários são de R$ 3,1 mil para coordenadores e R$ 1,7 mil para agentes censitários.

As funções exigem nível médio completo.

Além disso, os candidatos ao cargo de coordenador devem ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B.

Confira o edital completo. Haverá reserva de vagas para portadores de deficiência e negros.

A taxa de inscrição é de R$ 58 para coordenador censitário e R$ 42,50 para agentes censitários.

Os interessados podem se inscrever no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Veja as cidades que têm vagas abertas: As vagas de coordenador censitário subárea estão distribuídas entre 27 municípios: Aragominas, Araguaína, Araguatins, Arraias, Augustinópolis, Colinas, Colméia, Cristalândia, Dianópolis, Divinópolis, Formoso do Araguaia, Goiatins, Guaraí, Gurupi, Miracema, Natividade, Nova Olinda, Novo Acordo, Palmas, Paraíso, Pedro Afonso, Peixe, Ponte Alta, Porto Nacional, Tocantinópolis, Wanderlândia e Xambioá.

Já as vagas de agente censitário operacional são destinadas apenas para Palmas. Das provas As provas estão previstas para o dia de dezembro e serão realizadas nos 1.031 municípios onde são oferecidas vagas para coordenador censitário.

As avaliações terão 60 questões objetivas de conhecimentos básicos e específicos. Confira as disciplinas que serão cobradas no edital do processo seletivo. Benefícios A jornada de trabalho de ambas as funções será de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias.

Os contratados terão direito aos auxílios alimentação, transporte e pré-escolar, além de férias e 13º salário proporcionais. O período máximo da contratação é de 12 meses.

Os contratos terão vigência de 30 dias, podendo ser sucessivamente prorrogados por igual período, de acordo com a necessidade da administração pública.

O desempenho dos contratados será avaliado mensalmente. Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.

Categoria:Tocantins